Fundação de Cultura de Camaragibe convoca segmentos artísticos para encontros

Arte_CulturaCamaragibe
A Prefeitura Municipal de Camaragibe, através da Fundação de Cultura, promove série de encontros com os segmentos artísticos da cidade entre os dias 31 de março e 18 de abril. O objetivo é estabelecer um planejamento de ações para o setor cultural ao longo da gestão.

Os horários e dias variam de acordo com cada segmento, conforme informações abaixo:

MÚSICA – 30/Mar – 19h
Centro de Criatividade Musical Raminho do Trombone (Alto da Boa Vista)
ARTES VISUAIS – 31/Mar – 19h
Cineteatro Bianor Mendonça Monteiro (Vila da Fábrica)
AUDIOVISUAL – 04/Abr – 19h
Cineteatro Bianor Mendonça Monteiro (Vila da Fábrica)
LITERATURA – 05/Abr – 14h
Biblioteca Municipal Penarol (Vila da Fábrica)
CULTURA POPULAR – 06/Abr – 19h
Centro de Criatividade Musical Raminho do Trombone (Alto da Boa Vista)
PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL – 07/Abr – 19h
Cineteatro Bianor Mendonça Monteiro (Vila da Fábrica)
ARTESANATO – 12/Abr – 14h
Cineteatro Bianor Mendonça Monteiro (Vila da Fábrica)
ARTES CÊNICAS – 18/Abr – 19h
Cineteatro Bianor Mendonça Monteiro (Vila da Fábrica)

Carnaval de Camaragibe investe na multiculturalidade

banner site

Almir Rouche, Homem da Meia Noite, Amantes das Flores de Camaragibe e Siba estão entre as atrações do palco principal

Através da Fundação de Cultura, a Prefeitura Municipal de Camaragibe fechou a programação completa do carnaval no município focada na multiculturalidade, com os blocos de rua e shows de diversos estilos musicais no palco principal. Para apoiar os maracatus, caboclinhos e demais troças locais, a Prefeitura Municipal firmou convênio com a Federação das Agremiações Carnavalescas de Camaragibe (FACC). Com esse apoio, mais de 50 agremiações irão animar as festas nas ruas da cidade, em especial na Avenida Dr. Pierre Colier, Vila da Fábrica. Este ano, os artistas homenageados serão a presidente do bloco Boi Camarás, Eliane Medeiros, e a FACC.

O palco principal, localizado na Vila da Fábrica, vai receber na noite de abertura o bloco lírico Amantes das Flores de Camaragibe, as atrações locais Olhos Aquáticos e Orquestra Backstage, selecionadas via convocatória oficial da Fundação de Cultura, a banda Boneca de Feira e o cantor Marrom Brasileiro. Logo após, sobe ao palco o bloco do Homem da Meia-Noite, Patrimônio Vivo de Pernambuco. Famoso pelas ruas de Olinda, o boneco místico é símbolo importante nos festejos de Momo do Estado. Além dele, o agito do palco principal vai contar com o talento do homenageado do carnaval do Recife, Almir Rouche. Conhecido por cantar músicas como “Galo, eu te amo”, “Ai que calor”, “A vida inteira te amar”, Almir sobe ao palco à meia-noite, nos primeiros minutos do Sábado de Zé Pereira, para abrir oficialmente o Carnaval na cidade.

No sábado, a noite inicia com Café Plural, Griô, Banda Pau e Corda e Siba com seu show “De Baile Solto”. O destaque fica com a apresentação do cantor, músico e compositor pernambucano Silvério Pessoa. Além dele, o polo vai receber o som do “Original Olinda Style — frevo no punk, Caribe no mangue”, com show da banda Eddie, que apresenta o repertório do seu último disco intitulado “Morte e Vida”.

Seguindo a programação, no domingo (26) sobe ao palco a agremiação carnavalesca Boi Camarás, a cantora Karina Buhr e o samba de Gerlane Lops e Patusco, renomado por animar as ladeiras de Olinda. Além dela, também participa da festa a banda Forró Santa Dose, com Nanara Belo no vocal, A Cocada e Anjo Azul. Na segunda-feira (27), quem estiver brincando carnaval na cidade vai curtir a mistura de ritmos com Rafa Emery, Novinho da Paraíba, Letto do Cavaco, as bandas Café Preto e Axé Camaleão, a Escola de Samba Galeria do Ritmo e o Forró Pegado.

Será na terça-feira que o polo principal vai abranger show para o público infantil. Comandado por Mundo Bita, febre entre as crianças na internet, a apresentação deve iniciar mais cedo, a partir das 15h. Para fechar a comemoração da festa momesca com chave de ouro, Beto Hortis, filho de Camaragibe, vai se apresentar às 18h, sendo seguido por Forró do Firma e o ritmo do brega com Musa.

Além do palco principal, a cidade terá polos comunitários espalhados pelos bairros de Tabatinga, Timbi, Céu Azul, Vera Cruz e Alberto Maia.

Confira abaixo a programação completa do palco principal:

Imagem inline 1
Confira abaixo a programação completa dos pólos comunitários:
001
002
003
004

Mudança no trânsito em Camaragibe

A Prefeitura Municipal de Camaragibe, através da Secretaria de Mobilidade e Segurança Cidadã, realizou mudanças na Avenida Ersina Lapenda e na rua Sátiro Ivo a fim de facilitar e resgatar o comércio do Timbi. A partir desta quinta-feira (26), a Avenida Ersina Lapenda passa a ter o sentido invertido: os carros devem sair da Avenida Dr. Belmínio Correia, em sentido Céu Azul. Com a rua Sátiro Ivo, o inverso: os carros devem descer sentido a Avenida Dr. Belmínio Correia. Ambas as vias são mão exclusiva, com apenas um sentido. Em relação ao cruzamento no Armazém do Dendê, os agentes de trânsito ficarão no local até a instalação de semáforos para guiar e organizar o trânsito no local. Com ônibus e paradas, todos já funcionam de acordo com a nova regra. A sinalização também já está regularizada.

IMG_6865 IMG_6868 IMG_6875

Nota Prefeitura Municipal de Camaragibe

Em decorrência dos problemas identificados na Secretaria de Saúde do município, a prefeitura de Camaragibe comunica que a gestora da pasta, Dra. Nadegi Queiroz, se dedicará exclusivamente ao cargo de vice. Diante do engodo veiculado na imprensa, a Prefeitura Municipal de Camaragibe apenas se posicionará sobre os fatos após apuração de auditoria instaurada pela Controladoria Geral do Município, junto ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas. A Prefeitura ratifica sua postura transparente em relação à gestão da cidade, e aguarda as conclusões legais para um parecer público.

Nadegi divulga Nota Aberta A População

20120829012513_cv_nadegi_gde

CARTA ABERTA A POPULAÇÃO DE CAMARAGIBE:

Amigas e Amigos de Camaragibe,

Venho a público informar meu rompimento político com o recém eleito prefeito Demóstenes Meira e consequentemente a entrega do cargo de Secretária de Saúde do Município, bem como a saída de toda a equipe técnica, que até o presente momento não foi nomeada pelo prefeito.

Tenho uma carreira política e compromisso com o povo de Camaragibe, que a mim confiou o seu voto, na esperança de que pudéssemos construir uma gestão melhor, especialmente na reconstrução da saúde da cidade.

Durante a campanha montamos um grupo coeso, cujo “slogan” era “POR AMOR A CAMARAGIBE”, onde havíamos nos comprometido em reconstruir a cidade e fazer uma gestão humanizada para a população, porém desde a sua posse, o atual prefeito, vem mudando o seu discurso, centralizando todas as decisões, descontinuando a execução dos serviços públicos ao cancelar todos os contratos por meio do Decreto Municipal nº 02/2017, presumindo a irregularidade de todos, antes de adotar as cautelas necessárias, tais como auditar individualmente cada contrato. Não podemos deixar a Prefeitura parar e a população sem serviços essenciais por meses até que novos contratos sejam realizados e as bruxas sejam cassadas.

Infelizmente não posso concordar com atitudes insanas de fechar o Hospital Aristeu Chaves e entregar a chave ao antigo dono, perdendo um investimento de mais de 18 milhões de reais e deixando a população sem um hospital, já que a intenção do prefeito depois de eleito é privatiza-lo, assim como também em manter a maternidade fechada.
Também não concordo com o cancelamento de todos os contratos dos profissionais do Programa Saúde da Família (PSF) e o fechamento de todas as unidades, como o mesmo quer fazer para reduzir gastos. Acordei com o Sindicato dos Médicos, Conselho Municipal de Saúde e com o Ministério Público que iríamos organizar os vínculos empregatícios no Município, mas isto não foi aceito pelo atual gestor.

A Saúde é uma garantia constitucional, é um investimento, é obrigação do Município para com a população e não um gasto, o gestor público que pensa desta forma não é digno de sentar na cadeira de prefeito.

Por isso amigos e amigas, decidi não mais fazer parte desta gestão, que em menos de 20 (vinte) dias criou um colapso na cidade por atitudes impensadas e egoístas do atual gestor que não possui humildade para escutar a equipe e os anseios da população, além de não honrar com todos os compromissos políticos.

TENHO UMA TRAJETÓRIA POLÍTICA DIGNA JAMAIS COMPACTUAREI COM TAIS ATITUDES, E PENSANDO NO POVO DE CAMARAGIBE ABRO MÃO DA SECRETARIA.
Para muitos sei que ao pedir exoneração do cargo de Secretária de Saúde pode parecer fraqueza, mas é impossível fazer uma boa gestão tendo que rebater as imposições do prefeito. Também sei que serei vítima de todo tipo de acusação, e quaisquer que sejam elas terão que ser provadas perante da justiça dos homens.

ESTOU SAINDO DESTA GESTÃO DE CABEÇA ERGUIDA, NA CERTEZA QUE TENTEI CUMPRIR COM TODAS AS PROMESSAS DE CAMPANHA FEITAS AO MEU AMADO POVO DE CAMARAGIBE. Peço desculpas por não ter conseguido ir além, pois como disse o atual prefeito no seu discurso de posse “primeiro ele, segundo ele e terceiro ele”, não há espaço para uma “GESTÃO PARTICIPATIVA”, não há espaço para ouvir a voz do povo deste Município.

Um grande abraço a todos.

Nadegi Alves Queiroz
Vice Prefeita de Camaragibe

Meira e Nadegi rompem em Camaragibe

meira

Mal começou a gestão, prefeito de Camaragibe, Meira (PTB), e a sua vice e secretária de Saúde, Nadegi Queiroz (PSDC) romperam na manhã desta terça-feira (24). O motivo da desavença foi a acusação feita pelo gestor de que a ex-companheira de chapa planeja supostas irregularidades na gestão. Revoltada com a acusação, ela entregou o cargo, anunciou o rompimento político e foi à delegacia prestar queixa contra o prefeito.

Durante os primeiros dias da administração, Nadegi teria pedido a nomeação de vários assessores para a Secretaria de Saúde. Como não teve nenhum pleito atendido pelo prefeito, ela externou a alguns secretários, na noite de segunda-feira (23), o desejo de deixar a secretaria e romper com o prefeito.

Na manhã desta terça, o prefeito foi à Secretaria e fez acusações contra a vice na frente de vários servidores e o rompimento foi formalizado.

Agora, Nadegi vai acionar o prefeito na Justiça para que ele prove as acusações que fez.

Na semana passada, o prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira (PTB), também rompeu com o vice-prefeito e também secretário de Saúde, o médico Gabriel Neto (PRB), entregou o cargo e anunciou o rompimento político.

http://www.folhape.com.br/politica/politica/blog-da-folha/2017/01/24/BLG,1775,7,509,POLITICA,2419-PREFEITO-VICE-ROMPEM-CAMARAGIBE.aspx

Rombo em Camaragibe: Meira aciona até a Polícia Federal

meiranova

Sem ter a menor noção do rombo deixado pelo ex-prefeito Jorge Alexandre (PSDB), o novo prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB), suspendeu todos os serviços, contratos e licitações, assim como sustou todos os cheques assinados pelo antecessor com data até 29 de dezembro. Suspendeu ainda o contrato com a empresa que recolhe o lixo da cidade, porque o seu valor, acima de R$ 20 milhões, está muito acima da previsão orçamentária do ano para os serviços, de pouco mais de R$ 11 milhões.

Com isso, o lixo, acumulado em vários bairros, no centro e nos distritos, passou a ser recolhido por caçambas da Prefeitura que ele não tem condições sequer de cobrir as despesas com combustíveis alegando que ficou de mãos atadas pelo ex-prefeito. “Tem dinheiro em caixa, algo em torno de R$ 9 milhões, mas se eu usar corro risco de cometer crime, porque não temos a menor noção das suas rubricas”, afirmou.

Segundo Meira, Alexandre não repassou nenhuma informação sobre as finanças do município. “Os arquivos dos computadores foram deletados”, afirma, adiantando que está mergulhado num caos, mas tomando providências. Entre as medidas já tomadas pelo trabalhista, o pedido de uma auditoria ao Tribunal de Contas do Estado, uma queixa prestada à Delegacia Especializada de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio Público e o pedido à Polícia Federal para investigar licitações supostamente fraudulentas com recursos federais, principalmente na área de saúde.

licitacoes

Meira mandou vasculhar todos os contratos assinados pelo antecessor e chamou à polícia para filmar e documentar alguns setores da Prefeitura, como o departamento de licitações. Temendo o pior, o prefeito botou cadeado na sala de licitações tão logo a polícia deixou as dependências da Câmara.

Procuradores concursados da Prefeitura informaram ao blog que nenhum contrato ou licitação nos últimos quatro anos chegavam ao conhecimento da Procuradoria Jurídica do Município. “Todos os contratos e licitações foram feitos sem pareceres nossos”, disse um procurador, adiantando que não tem a menor noção do valor do gasto com contratos mediante licitações fraudulentas, porque nada chegava ao conhecimento da Procuradoria.

Ele, entretanto, desconfia de que esses valores possam ser superiores a R$ 120 milhões com base no orçamento do município de 2016. “Camaragibe teve um orçamento de R$ 280 milhões no ano passado. Deste valor, 60% devem ser comprometidos com pessoal e o restante com despesas contratuais, o que daria uma sobra de R$ 120 milhões”, afirmou o mesmo procurador. O prefeito desconfia que o ex-prefeito deixou de herança um rombo incalculável.

“Não posso precisar, porque ele não nos repassou nada”, reclama. Meira afirmou que vai abrir para a sociedade a caixa preta do ex-prefeito, que derrotou nas urnas. “Não tenho nada de pessoal contra Jorge Alexandre, mas como fui acusado por ele e adversários de ser despreparado, louco, pobre e incompetente não posso passar um atestado de burrice. A população vai tomar conhecimento da verdadeira herança maldita que recebi”, afirmou.

Meira informou que deve baixar um decreto de emergência para manter os serviços essenciais, protegendo à população do pior. Para isso, ele se reuniu, hoje, com assessores do Tribunal de Contas do Estado e sua assessoria jurídica. “Aqui é tudo transparente”, afirmou, adiantando que, a partir de agora, “está proibido roubar em Camaragibe”.

Para evitar qualquer tipo de desvio do dinheiro público, Meira informou que centralizou tudo em suas mãos, desde contratação de pessoal até contratos emergenciais que venham a ser assinados. Também determinou um levantamento dos servidores concursados que estejam cedidos a órgãos para fazer um verdadeiro pente fino na folha de pessoal. “Aqui, não vai ter mais servidor fantasma”, assinalou.

Por fim, Meira disse que, para evitar qualquer tipo de comportamento indevido de auxiliares no trato com o dinheiro público, irá instalar câmaras em todas as secretarias e órgãos que manipulem dinheiro. “Quero ver tudo documentado pelas câmaras. Este é um governo onde o dinheiro será destinado a projetos que atendam ao povo e não a grupos”, afirmou.

https://www.blogdomagno.com.br/ver_post.php?id=170831&pagina=10450

Meira toma posse como prefeito de Camaragibe

possemeira

Reafirmando a promessa de campanha de governar para o povo, o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB), foi empossado, em cerimônia realizada na quadra do colégio Anglo, no município, na tarde de ontem. Em seu discurso, Meira agradeceu à família e ao povo que o elegeu, ressaltando que os anos de luta e espera valeram a pena e que vai honrar os votos de confiança. A cerimônia não contou com a presença do ex-prefeito Jorge Alexandre (PSDB).

Secretários anunciados:

Procuradoria Geral – Leonardo Neves

Controladoria Geral do Município – Dario Siqueira

Secretaria de Governo e Rel. Institucionais – Gustavo Matos Ribeiro

Secretário de Administração – Alex Norat

Secretária de Finanças – Joana D’arc Pessoa

Secretária de Comunicação Social – Amanda Batista

Presidente da Fundação de Cultura – Olímpio Costa

Secretário de Serviços Públicos e Infraestrutura – Silvano Jackson Queiroz de Brito Filho

Secretário de Defesa Civil – Sálvio Roberto Ferraz da Silva

Secretário Assistência Social Direitos Humanos – Edvaldo José Ferreira Júnior

Secretária de Saúde – Nadegi Queiroz

Secretaria de Planejamento – Paulo Wilton

Secretaria de Educação: Denivaldo Freite

http://www.camaragibedavez.com.br/meira-toma-posse-como-prefeito-de-camaragibe/

Posse do novo Prefeito Meira será neste domingo

E o ano novo já começa diferente em Camaragibe com a posse do prefeito eleito Demóstenes Meira.

A assessoria de imprensa do novo prefeito enviou ao Blog Camaragibe dá Vez um convite com as informações sobre a posse do Prefeito Meira, da vice Dra. Nadegi e dos novos secretários. Os eventos são abertos a toda população.

Camaragibe está precisando não apenas de um ano novo, mas de tudo novo, novos ares, novos modos de governar, novas oportunidades para nosso povo! Continuaremos aqui cobrando aquilo que o povo precisa, como sempre fizemos ao longo dos últimos 5 anos! Sempre junto ao povo camaragibense.

Desejamos sucesso a esta nova gestão! O povo precisa de vocês!!!

convitemeira

Novo gestor de Camaragibe vai enfrentar problemas na saúde

jorgealexandre

Entre demissões, atrasos de salários e falta de serviços básicos, as futuras gestões herdarão grandes dores de cabeça. Uma das principais dificuldades na transição está no comando de Camaragibe. Após desbancar o prefeito Jorge Alexandre (PSDB), Demóstenes Meira (PTB) terá dificuldades para reestruturar a saúde do município.Diversos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) foram demitidos após as eleições levando diversas Unidades de Saúde da Família (USF) a sofrerem com a precariedade no atendimento. O caso foi denunciado pelo Conselho Regional de Medicina de Pernambuco , junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

A situação não é diferente em Vitória de Santo Antão. Derrotado nas urnas, o prefeito Elias Alves (PSD) vem atrasando os salários dos servidores da educação e saúde, o que levou os sindicatos das duas categorias a acionar a Promotoria de Justiça. O prefeito eleito Aglailson Júnior (PSB) terá uma dura tarefa até equilibrar as contas e passar por uma serena transição, uma vez que a outra queixa dos sindicalistas é a falta de informações no Portal da Transparência.
Em Bom Jardim, o prefeito Miguel Barbosa (PP), ao não se reeleger, demitiu diversos funcionários temporários, o que levou a carência no atendimento de vários serviços públicos. O fato levou o MPPE a ingressar com uma ação civil pública e o pepista poderá responder por improbidade administrativa. O prefeito eleito João Lira (PSD) terá o desafio de recompor a demanda reprimida.
Já a prefeita eleita de Cumaru, Mariana Medeiros (PTC), reclamou ontem à Rádio Folha FM 96,7 da dificuldade que vem sofrendo para receber dados . A equipe de transição reclamou ao MPPE, MPCO e TCE sobre a falta de informações e destacou que, apesar dos atrasos de salários, o prefeito Eduardo Tabosa (PSD) realizou a festa de Santa Terezinha de Cumaru, padroeira local, com shows, contrariando recomendação do MP local.
Outro caso emblemático ocorre em Macaparana: a Prefeitura apresenta o quadro em que 81,2% da receita é utilizada para pagamento pessoal, quando o limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é de 54% e o prefeito Paulo Barbosa (PMDB) tentou nomear outros servidores, após a derrota nas urnas para o ex-deputado estadual Maviael Cavalcanti (DEM). Há também denúncias de suspensão de cirurgias e falta de medicamento. A reportagem da Folha de Pernambuco tentou contato com Barbosa, mas ao se identificar, o prefeito desligou o telefone. Os demais prefeitos citados foram procurados, mas não retornaram.