Moradores de Camaragibe protestam por moradia no Centro do Recife

camara

Centenas de moradores de um terreno no bairro Santana, em Camaragibe, no Grande Recife, fazem uma passeata no Centro do Recife, na manhã desta terça-feira (4). Os manifestantes são contra a retirada de 2,5 mil famílias da Comunidade Bondade de Deus após uma ordem de reintegração de posse.

De acordo com o coordenador estadual do Movimento de Luta pelo Teto (MLT), Amaro José da Silva, havia um decreto do ex-governador João Lyra Neto (PSB), publicado em maio do ano passado, desapropriando o terreno de 60,7 hectares para conceder a posse aos moradores. As famílias ocupam a área há quase 5 anos.

No entanto, segundo os manifestantes, há uma ordem de reintegração de posse deste ano, que ainda não foi cumprida. “Viemos para perguntar ao governador (Paulo Câmara, do PSB) qual das duas vale, além de cobrar soluções para os moradores”, afirma o coordenador do movimento.

O protesto começou por volta das 10h, com concentração no Parque 13 de Maio, na área central do Recife. Em seguida, cerca de 400 manifestantes seguiram em caminhada pela Ponte Princesa Isabel para o Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco. Lá, esperam ser recebidos por representantes da gestão estadual.

http://noticias.ne10.uol.com.br/grande-recife/noticia/2015/08/04/moradores-de-camaragibe-protestam-por-moradia-no-centro-do-recife-560268.php

Nota de Esclarecimento do Deputado Beto Accioly

nota
Em relação à matéria “Beto Accioly, deputado eleito por Camaragibe, vota contra professores e contra a educação”, veiculada neste blog, cabe esclarecer:
1. Não votei contra os professores nem contra educação;
2. O Projeto de Lei 079/2015 dispõe sobre a correção do valor nominal do piso salarial dos professores com formação de nível médio e em início de carreira, com jornada laboral de 200 horas/aula, o qual não atendia ao que regulamenta a Lei 11.738/2008 (Lei nacional do piso salarial)
3. Votar contra a matéria deixaria 4060 professores recebendo abaixo do piso nacional;
4. Defendo e apoio todo e qualquer projeto de valorização dos professores por um salário digno e melhores condições de trabalho; e,
5. À medida que as negociações entre Sindicato e o Governo do Estado avançarem, o Projeto de Reajuste será enviado a esta Casa Legislativa para sua aprovação em benefício da educação.
Beto Accioly (SD) – Deputado Estadual
————————————————————–
Comentários do Blog
Nos espanta quando o deputado Beto Accioly diz que não votou contra os professores:
1. O Projeto de Lei 079/2015 propôs um aumento apenas para 4.060 professores, enquanto que mais de 45.000 professores foram prejudicados e passarão o ano de 2015 sem aumento;
2. O governo infringe a Lei Nacional do Piso (Lei 11.738/2008) e o Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024), visto que o piso deve ser o salário inicial de carreira para professores com ensino médio, os que possuem ensino superior, deveriam ganhar acima deste valor, e não ganham;
3. O governo não valoriza a categoria com um plano de cargos e salários, quando através deste projeto votado, nivela os salários de professores de nível médio com os salários dos professores com nível superior;
4. Os professores foram contra o projeto de lei que o deputado votou a favor. Eles lotaram as galerias da assembleia no dia da votação e protestaram contra o projeto.
Resumindo:
– Não conseguimos compreender como o deputado diz que não votou contra os professores!
– Mais de 92% dos professores foram prejudicados com a aprovação deste projeto!
– Os professores pernambucanos continuam recebendo salários indignos!
– O governador Paulo Câmara mostra que não vai cumprir sua promessa de 100% de aumento!

Beto Accioly, deputado eleito por Camaragibe, vota contra professores e contra a educação

 

beto

Na última terça-feira, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) votou o Projeto de Lei 79/2015, que definia o piso salarial dos professores do estado. O projeto foi enviado pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) e teve total e irrestrito apoio dos deputados da base do governo.

O projeto aumentava em apenas 13,01% o salário dos professores que possuem ensino médio / magistério, e ridículos 0,89% para professores com nível superior, ou seja, os formados em licenciatura.

Este não era o aumento que os professores desejavam, e também não era o aumento prometido pelo então candidato Paulo Câmara, que era de 100%… “Vamos dobrar os salários dos professores da rede estadual”, disse Paulo Câmara, por diversas vezes, durante a campanha. Pura enganação…

Porém, havia uma chance deste aumento pífio não ser aprovado: bastava que os deputados estaduais votassem contra o projeto. Mas isto não aconteceu, por 27 votos a favor e 11 contra, o projeto foi aprovado. A base governista votou a favor, a oposição votou contra…

Eleito pelo partido Solidariedade, o ex-vereador de Camaragibe e agora Deputado Estadual Beto Accioly, é da base do governo, e votou a favor do projeto, ou seja, contra os professores.

Votar e apoiar um projeto absurdo deste, demonstra como Beto Accioly valoriza os professores e a educação do nosso estado. Demonstra também, que ele tenta enganar a própria população prometendo uma coisa e falando outra.

Em seu site na ALEPE, há um texto diz: “PROPOSTAS: Na educação, o foco principal será na defesa da valorização dos profissionais…” Já pudemos ver como Beto Accioly respeita a população que votou nele e os profissionais da educação. Se este voto que ele deu é “valorizar os profissionais de educação”, preferimos não comentar mais nada…

Camaragibenses, fiquem de olho no deputado estadual que foi eleito com o seu voto, e que faz questão de dizer que é “o primeiro deputado eleito por Camaragibe”… Faça valer o seu voto, fiscalize, cobre e proteste!

Desvalorizar os profissionais de educação é fechar os olhos para o bem mais precioso do povo: a inteligência!!!

Paulo: pesquisam materializam sentimento das pessoas

paulo01

Um mar de gente foi às ruas de Nazaré da Mata, nesta quarta-feira (17), para receber calorosamente a Caravana 40. No embalo dos tradicionais maracatus do município e ao som de uma afinada e empolgante orquestra de frevo, o candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), literalmente caiu nos braços do povo. Ao longo de toda a caminhada pelas principais vias da cidade, o socialista foi abraçado, beijado e saudado como símbolo da continuidade das transformações vivenciadas por Pernambuco nos últimos anos. Um carinho que cristaliza a conquista pelo socialista da liderança de intenção de votos nas pesquisas sobre a sucessão estadual.

“Essa recepção que vocês nos proporcionam mostra bem o que as últimas pesquisas apresentam: que viramos! Fico muito feliz em ver o povo de Nazaré da Mata nas ruas, mostrando que acreditam no nosso compromisso com Pernambuco. Fiquem certos de que vou honrar essa confiança e o legado do ex-governador Eduardo Campos”, destacou Paulo, sendo aclamado pelas inúmeras pessoas que se reuniram na praça para acompanhar o comício.

Acompanhado pelo seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador); prefeitos da Mata Norte, vereadores da região e de postulantes proporcionais, Paulo Câmara fez questão de cumprimentar atenciosamente os populares. O candidato pontuou que essa atenção com as pessoas será redobrada em seu futuro governo. “Nós vamos fazer muito. Vamos ter mais infraestrutura, mais saneamento, mais água, mais saúde, educação e segurança. Vamos fazer isso porque aprendemos a fazer”, ressaltou.

Antes de aportar em Nazaré da Mata, Paulo Câmara começou seu giro pela região em Tracunhaém. O socialista liderou caminhada no município. E, como vem sendo observado em todo o Estado, a população local fez questão de ocupar e pintar as ruas de amarelo para mostrar o seu apoio ao projeto que colocou Pernambuco no caminho do desenvolvimento.

Crédito: Beto Figueroa.

Paulo vence primeiro debate televisivo entre os candidatos ao Governo

O primeiro debate televisivo entre os candidatos ao Governo mostrou que o representante da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), é o mais preparado para manter o Estado no caminho do desenvolvimento. Defendendo a continuidade das ações desenvolvidas por Eduardo Campos, o socialista ganhou o embate com os adversários na TV Jornal e mostrou como vai avançar ainda mais nas transformações dos últimos oito anos. Afirmativo, Paulo defendeu com firmeza suas posições. “Pernambuco não pode dar errado”, cravou.

“Foi um debate muito positivo, onde tivemos oportunidade de discutir temas de interesse de toda a população e de mostrar que estamos no caminho certo. Pude colocar meu projeto de dar continuidade ao que já foi feito até agora e avançar ainda mais nas mudanças. E, com a ajuda do povo pernambucano, farei isso a partir de 2015″, previu Paulo Câmara.

Os ataques que o candidato do PTB vem desferindo contra o ex-governador Eduardo Campos foram reprovados veementemente por Paulo. “Vamos respeitar quem não está aqui para se defender. Eu vou continuar defendendo Eduardo, seu legado; reconhecendo que, onde houver erros, vamos corrigi-los. Meus adversários, cada vez que caem nas pesquisas, parece que perdem a razão. Estão vendo que vão perder a eleição, e, por desespero, tentam fazer com que uma obra que tem ampla aprovação da população seja desmerecida. Não podemos botar gosto ruim nas coisas boas, que dão resultado. Para ser governador tem que ser sincero, olhar no olho do povo, falar a verdade”, ressaltou o socialista, lembrando que o oposicionista não tem experiência de gestão pública e tudo o que administrou na iniciativa privada deu errado.

“Eu estou preparado para liderar o Estado nos próximos anos. Participei deste Governo desde seu primeiro dia, administrando um orçamento de R$ 28 bilhões, e ajudei a elaborar seu modelo de gestão premiadointernacionalmente. Por conta dele, Pernambuco é hoje um polo de desenvolvimento. Tenho junto a mim um time de pessoas comprometida com o futuro de nossa terra e uma aliança de 21 partidos, que vão me ajudar, como ajudaram Eduardo”, explicou Paulo Câmara.

Paulo salientou a intenção de ampliar as parcerias com os municípios para que estes aproveitem ainda mais as oportunidades de desenvolvimento que estão chegando, e que vão chegar com ainda mais intensidade a Pernambuco. “Vamos levar cada vez mais infraestrutura aos municípios, para que eles possam atrair mais investimentos. Ao mesmo tempo, investindo na qualificação da mão-de-obra, com a rede de escolas técnicas que preparará os moradores para aproveitar essa geração de empregos. Vamos avançar nas parcerias com as prefeituras, trazendo avanços na saúde, na educação, na segurança e em outras áreas”, garantiu o socialista.

AGRESSÕES – O candidato também comentou o destempero dos militantes adversários, que chegaram a jogar laranjas contra seu veículo, no momento em que se aproximava da emissora de televisão. “É lamentável que ocorra esse tipo de coisa. Temos conversado com nossa militância para que ela não caia nesse tipo de provocação e vamos continuar fazendo esse alerta, para não entrar nesse jogo sujo. Isso não faz parte das eleições que queremos para Pernambuco”, afirmou Paulo Câmara.

Professores da rede privada declaram apoio a Paulo

paulo02

A certeza de que Paulo Câmara (PSB) honrará os compromissos assumidos ao longo desta campanha eleitoral para a área da educação, a exemplo da universalização do ensino integral e da continuidade da expansão da Universidade de Pernambuco (UPE), levou um grupo de mais de 100 professores da rede privada a declararem, na noite desta segunda-feira (15), apoio ao candidato da Frente Popular.  Durante debate com o socialista, alguns docentes fizeram questão de destacar a necessidade de Pernambuco seguir avançando em conquistas como a registrada no último resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), quando o Estado saltou da 16ª para 4ª melhor colocação do Ensino Médio no País.

Entre os 100 professores presentes no ato realizado em um restaurante no bairro de Casa Forte, que contou com docentes de escolas regulares privadas, universidades, faculdades e cursinhos pré-vestibular, estavam Ednaldo Ernesto, Lucivânio Jatobá, Tácio Maciel, João e Manuel Correia, Thaís de Andrade, Eduardo Belo, Betânia Ferreira, José Folhadela, Roberto Kramer, Vicente e Flávia Suassuna, entre outros.

“Nós acreditamos que o que Paulo Câmara tem se proposto a fazer na educação será cumprido. Ele não foi escolhido pelo ex-governador Eduardo Campos e por 21 partidos da Frente Popular à toa. Paulo tem condições de fazer Pernambuco avançar mais. Por isso, nós o apoiamos”, relatou o professor João Correia, do Colégio Cognitivo. “O IDEB é um exemplo do empenho de um trabalho comprometido. Paulo, que chegou ao estágio que está hoje através do estudo, sabe da importância da educação para atransformação da vida das pessoas”, ressaltou Manuel Correia, docente do curso de Direito da FIR.

Ex-professor de Paulo Câmara, Ednaldo Ernesto foi responsável por um dos depoimentos mais emocionantes sobre o socialista no evento. O reconhecido matemático recordou a dedicação que o ex-aluno entregava aos estudos e a sua correção na execução de qualquer atividade. “Estudioso, dedicado, íntegro. Não tenho a menor dúvida de que, a partir de janeiro de 2015, Paulo será governador de Pernambuco e um gestor honesto e comprometido”, apontou, revelando sua aprovação à renovação política proposta pelo ex-governador Eduardo Campos.

“Quando Eduardo teve a coragem de indicar Geraldo Julio (PSB), um gestor, para disputar a Prefeitura do Recife, em 2012, ele mostrou que estava inaugurando um novo momento. Uma política baseada nameritocracia, sem troca de favores, sem clientelismo, sem nepotismo. Com Paulo é a mesma coisa. Pernambuco terá um governo livre de práticas que merecem e serão aposentadas”, exaltou EdnaldoErnesto.

Emocionado com o alinhamento e os depoimentos recebidos, Paulo agradeceu aos professores e reforçou o seu comprometimento com o zelo e a vontade de melhorar a vida das pessoas através das ações de governo. O socialista lembrou que a sua trajetória no serviço público, iniciada há 22 anos como escrituráriodo Banco do Brasil, permitiu que ele adquirisse a visão de que as instituições públicas podem, com responsabilidade e entrega, ter a mesma eficiência verificada no setor privado. No entanto, com um alcance ainda mais expressivo e transformador.

Câmara salientou que recebeu o apoio desses profissionais tão importantes com “carinho” e “muita alegria”. “Tenho rodado muito esse Estado e percebido o sentimento das pessoas pela continuidade do que Eduardo realizou em Pernambuco. Esse sentimento e demonstrações como essa que vocês dão aqui me enchem, ainda mais, de determinação para vencer as eleições e fazer o que sempre fiz: atuar no serviço público para ajudar a quem mais precisa. Tenho a missão de continuar o legado deixado por Eduardo. É uma tarefa difícil, mas possível porque temos compromisso e um time que vai nos ajudar”, finalizou Paulo.

Paulo debate crescimento da Indústria com a Fiepe

paulo01

O compromisso em construir um ambiente ainda mais favorável para o crescimento do setor industrial foi apontado por Paulo Câmara, nesta segunda-feira (15), como essencial para o avanço do processo de transformações vivenciado no Estado. Em debate promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), no Recife, o candidato da Frente Popular se colocou à disposição do segmento para discutir a adoção de ações que fomentem o seu desenvolvimento, destacando a importância de que ele ocorra em consonância com uma nova agenda, que privilegie a inclusão e a sustentabilidade.

“Vocês terão um governador aliado do setor, que vai discutir mecanismos que contribuam, cada vez mais, para o seu crescimento. Mas essa agenda da industrialização, que é do século passado e que só chegou a Pernambuco agora, precisará ser acompanhada da agenda do futuro; com estímulo à inovação, às novas formas de pensar e desenvolver as diferentes cadeias produtivas”, afirmou Paulo Câmara.

No encontro, o socialista frisou que dará sequência ao modelo de desenvolvimento descentralizado iniciado pelo ex-governador Eduardo Campos, com a interiorização da industrialização e de outras cadeias produtivas. Paulo ressaltou que a expansão dessas oportunidades por todo o Estado será estimulada pela criação de unidades regionais da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper). “Vamos criar seis, uma para cada região, para ganharmos velocidade  na interiorização do desenvolvimento”, argumentou.

A entidade é vinculada à Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico do Estado e desenvolve atividades de forma articulada com órgãos do setor público e da iniciativa privada, contribuindo para o fomento de diferentes segmentos econômicos em Pernambuco.

Paulo Câmara também salientou para os industriais pernambucanos que será, a partir de 2015, uma voz na defesa da implantação de uma política de desenvolvimento regional junto ao Governo Federal. “Tenho certeza de que a futura presidente Marina Silva terá um olhar voltado à criação de estruturas que ajudem a garantir um desenvolvimento mais igualitário das diferentes regiões do País. A ausência por omissão do Governo Federal, de uma política como essa, contribuiu para termos tantas desigualdades”, apontou.

Fotos: Aluísio Moreira

Riacho das Almas recebe Paulo Câmara e a Frente Popular

paulo05

O município de Riacho das Almas, no Agreste, foi pintado de amarelo pela caravana 40, neste domingo. A cidade inteira foi às ruas para receber de abraços abertos a comitiva comandada por Paulo Câmara (PSB). Ao lado do prefeito Mário da Mota (PSB); do seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador); de João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos; e de postulantes proporcionais, o candidato da Frente Popular ao Governo do Estado foi saudado como o líder do novo momento de Pernambuco.

Empolgados, os riachenses faziam questão de se aproximar, abraçar e mostrar a Paulo a confiança em mais uma bonita vitória do conjunto político que colocou o Estado no caminho do desenvolvimento. “Fizemos uma bonita caminhada. Muita gente nas ruas numa demonstração da certeza, que as pesquisas indicam, de que vamos ganhar as eleições. A certeza de que seguiremos as transformações iniciadas pelo ex-governador Eduardo Campos”, destacou, em discurso, Paulo Câmara.

O prefeito Mário da Mota ressaltou que Paulo Câmara mostrou sensibilidade, durante sua passagem pela Secretaria da Fazenda, com os municípios do Estado, que enfrentaram dificuldades financeiras. O gestor municipal apontou que esse olhar do candidato da Frente Popular se materializou em ações importantes para Riacho das Almas.

“Esse asfalto que vocês estão pisando agora foi Paulo que fez. Foram 1.100 cisternas, acesso à PE-75, tudo foi Paulo que fez. E eu tenho certeza de que ele vai fazer muito mais, a partir de 2015, como governador de Pernambuco”, assegurou o prefeito. As obras elencadas por Mário da Mota foram financiadas com recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), idealizado por Paulo Câmara.

CARUARU – Antes de caminhar pelas ruas de Riacho das Almas, Paulo visitou o North Shopping, em Caruaru (Agreste). O socialista cumprimentou os freqüentadores do centro de compras, que ficaram surpresos com a presença do candidato da Frente Popular no espaço. E logo aderiram a uma das manias desta eleição, o selfie com o futuro governador. No início da manhã, Paulo levou a onda amarela ao Marco Zero do Recife, que ficou tomado pelos bons sentimentos que tanto marcam a caminhada de Câmara rumo ao Palácio do Campo das Princesas.

Paulo reforça compromisso com isenção às lavanderias do polo de confecção do Agreste

paulo04

Com o intuito de impulsionar ainda mais o desenvolvimento do Polo de Confecções do Agreste, o candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), reforçou, em Toritama, neste domingo (14), o seu compromisso de ofertar incentivos fiscais a unidades produtivas dos municípios com essa vocação a partir de 2015. “Vamos, como governador de Pernambuco, isentar as lavanderias de jeans da alíquota do ICMS. É um compromisso que temos com Toritama e toda a região”, afirmou Paulo, atrelando o benefício à preservação ambiental. “Não vai pagar porque é preciso cuidar do meio ambiente e gerar renda”, completou. O polo agrestino é o segundo maior do País, movimentando mais de R$ 1 bilhão por ano e empregando mais de 100 mil pessoas.

O estímulo ao Polo de Confecções do Agreste vem na esteira da preocupação demonstrada por Paulo de promover um desenvolvimento igualitário entre todas as regiões do Estado. O socialista tem destacado que isso só pode ocorrer com o fortalecimento das vocações regionais e com o incentivo ao fortalecimento das diferentes cadeias produtivas em ascensão em Pernambuco. “Como secretário da Fazenda, já pude iniciar esse caminho. Como governador vou fazer muito mais”, assegurou. Ao longo do Governo Eduardo Campos, a administração estadual adotou a política de não elevar alíquotas fiscais. Ao contrário, reduziu.

A passagem de Paulo Câmara por Toritama também foi marcada por uma grande carreata pelas principais vias do município. Ladeado por seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), por prefeitos da região, por João Campos – filho do ex-governador Eduardo Campos – e por candidatos proporcionais, o socialista foi muito bem recebido pelos moradores da cidade, que lotaram as ruas em apoio à sua postulação.

“Essa animação, essas ruas completamente ocupadas mostram que as nossas candidaturas, a minha e a de Fernando, estão crescendo e vão crescer ainda mais. Nós vamos continuar subindo, e nossos adversários descendo”, projetou Paulo, apontando ações em áreas estratégicas. “Teremos 40 escolas técnicas, a universalização do ensino integral, uma saúde mais humanizada e muito mais segurança, com mais policiais nas ruas”, enumerou.

Socialistas históricos recebem Paulo com festa em Vitória

paulo03

O candidato ao Governo Estadual Paulo Câmara (PSB) e seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado), foram recebidos em Vitória de Santo Antão, neste sábado (13), com uma grande festa organizada por dois integrantes históricos da Frente Popular de Pernambuco. O deputado estadualAglailson Júnior, que concorre à reeleição, e seu pai, o ex-prefeito José Aglailson, socialistas de longa data, reuniram centenas de pessoas para ver e ouvir de perto a chapa que representa o legado de Eduardo Campos e Miguel Arraes.

“Sei da amizade e do apreço que vocês dois tinham por Arraes e por Eduardo. Podem ter certeza que, a partir de janeiro de 2015, quando eu for governador, as portas do Palácio do Campo das Princesas estarão sempre abertas para vocês, como eles sempre fizeram”, garantiu Paulo, assumindo o compromisso de trazer uma UPA Especialidades e atuar para que novas indústrias continuem se instalando no município.

Aglailson Júnior pediu à população vitoriense que não descanse na busca de votos para o candidato ao Governo. “Eduardo não está mais entre nós, mas Vitória de Santo Antão tem um compromisso com ele, que é ajudar a eleger Paulo Câmara governador. E é o que nos vamos fazer”, convocou o deputado.

“Antes de sua morte precoce,  eu conversava com Eduardo e ele sempre falava da importância de eleger este jovem para sucedê-lo. Paulo, neste palanque estão as pessoas que, assim como você, eram os amigos de Eduardo”, afirmou o ex-prefeito José Aglaílson.

Fernando Bezerra fez uma homenagem a José Aglailson, lembrando que recebeu a ajuda do ex-prefeito quando iniciou a trajetória na vida pública. “Não foram poucas as vezes em que ele me deu conselhos, com sua experiência e sabedoria”, disse. Como secretario estadual de Desenvolvimento Econômico,  Fernando participou diretamente do novo ciclo de crescimento de Vitória,  ajudando o ex-governador Eduardo Campos a trazer grandes investimentos para a cidade. “No Senado quero continuar trabalhando para que Vitória se consolide como um polo industrial ainda mais importante, gerando empregos e renda.”