Ayrton Montarroyos visitou a Escola Estadual Jarbas Passarinho em Camaragibe

Semifinalista do The Voice Brasil, o pernambucano Ayrton Montarroy visitou uma escola estadual de Camaragibe  na última segunda-feira, 14 de dezembro.

Ayrton Montarroyos visitou a Escola Estadual Jarbas Passarinho em Camaragibe, para um bate-papo com os alunos sobre a importância da educação, a importância da valorização da Música Popular Brasileira, sobre o orgulho do sotaque pernambucano, sobre a emoção de cantar Cálice nesse momento da história do país e sobre sua participação no The Voice.

004 003 002 001

*** Fotos e texto retirados do Facebook do Artista

Ônibus da Secretaria de Educação de Camaragibe é flagrado em Toritama-PE

Um ônibus escolar da Secretaria de Educação de Camaragibe foi flagrado hoje pela manhã, num estacionamento da cidade de Toritama, cidade do agreste pernambucano. A cidade de Toritama é nacionalmente conhecida pelo pólo de confecções existente, que leva milhares de pessoas diariamente à cidade para comprar roupas jeans.

O ônibus foi adquirido com recursos federais, e foi entregue pelo Governo Federal e pelo Ministério da Educação em 2013 à população camaragibense. A Prefeitura de Camaragibe deve, por obrigação, utilizar o ônibus apenas para o transporte escolar de alunos.

Infelizmente, estamos vendo mais um absurdo da gestão do Prefeito Jorge Alexandre (PSDB), utilizando um bem público, para fins indevidos. A Prefeitura de Camaragibe deve explicações ao povo camaragibense sobre o fato, se é que existe explicação a dar…

20151017144148 (3)

20151017144148 (6)

20151017144148 (7)

20151017144148

20151017144148 (4)

Camará Shopping entrega certificados do Projeto Florescer

Nesta terça (25), no stand de vendas do Camará Shopping, aconteceu a entrega dos certificados das turmas de assistente administrativo do Projeto Florescer.
A cerimônia foi conduzida pela assistente social e coordenadora do Projeto Florescer Qualificação Profissional, Rhaiana Duarte.

Ainda durante a ocasião foi realizada palestra de Orientação Profissional com Aldineide Pereira, psicóloga da Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo do Estado de Pernambuco.

Após a palestra, o gestor de sustentabilidade de Reserva Camará Complexo Multiuso, Felipe Oliveira, Paulo Muniz, representante da Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo do Estado de Pernambuco
e Andréa Alcântara, a coordenadora pedagófica do SENAC entregaram os certificados.

FLORESCER AGOSTO 4 FLORESCER AGOSTO 3 FLORESCER AGOSTO 2 FLORESCER AGOSTO 1 FLORESCER AGOSTO 5

Camará Shopping promove entrega de certificados do Florescer

CERTIFICADOS 3

Na tarde desta última terça-feira (28), o Camará Shopping promoveu a cerimônia de entrega dos certificados para duas turmas do Projeto Florescer, nas áreas de Assistente de Logísticae Promotor de Vendas. Os alunos participaram de uma palestra, ministrada por Soraia Botelho, representante do SEMPTQ, com o tema “Educação Profissional x Mercado de Trabalho”. Em seguida, o gerente de sustentabilidade da Reserva Camará, Felipe Coelho, e a coordenadora pedagógica do SENAC, Andréa Roberta, discursaram e fizeram a entrega dos certificados.

CERTIFICADOS 1 CERTIFICADOS 2

Riqueza em Camaragibe: Gestão gasta mais de R$130 mil para empresa de consultoria organizar a Conferência Municipal de Educação

Em tempos de crise, onde muitas prefeituras e governos estaduais e federal vem cortando despesas, a Prefeitura de Camaragibe vai na contramão. Fomos surpreendidos com a abertura de um edital para empresas de consultorias apoiar a Secretaria de Educação no planejamento e realização da Conferência Municipal de Educação.

Entendemos e apoiamos a realização da conferência, mas é inaceitável que se gaste um valor deste para tal fim… E o mais estranho é contratar uma empresa de “consultoria” para realizar este serviço… Curioso não?

O que será que o Prefeito Jorge Alexandre (PSDB) vai fazer para que esta Conferência Municipal de Educação seja tão boa para custar tão caro…? Quem viver verá…

A informação consta no Diário Municipal e pode ser conferido na imagem e no link abaixo.

diario

http://www.diariomunicipal.com.br/amupe/materia/1996525

Camaragibe punida por omitir informações sobre gastos públicos em educação

educacao

Em propagado ano de crise financeira, o governo do estado e mais 30 municípios pernambucanos estão passíveis de não receber verbas federais oriundas de transferências voluntárias, a exemplo de convênios, porque descumpriram o prazo de envio à União das informações sobre gastos com educação. A inclusão desses dados, relativos a 2014, deveria ter sido feita no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope) do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) até o último dia 31 de maio. Esses relatórios são importantes, dentre outras coisas, para verificar se as gestões têm cumprido o investimento mínimo com educação determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 25% da arrecadação.

Camaragibe não apresentou os gastos em educação referente ao ano de 2014.

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2015/06/04/interna_politica,579662/penalizacao-a-30-municipios-e-ao-governo-do-estado-pode-ocorrer-por-falta-de-informacoes-sobre-gastos.shtml

Nota de Esclarecimento do Deputado Beto Accioly

nota
Em relação à matéria “Beto Accioly, deputado eleito por Camaragibe, vota contra professores e contra a educação”, veiculada neste blog, cabe esclarecer:
1. Não votei contra os professores nem contra educação;
2. O Projeto de Lei 079/2015 dispõe sobre a correção do valor nominal do piso salarial dos professores com formação de nível médio e em início de carreira, com jornada laboral de 200 horas/aula, o qual não atendia ao que regulamenta a Lei 11.738/2008 (Lei nacional do piso salarial)
3. Votar contra a matéria deixaria 4060 professores recebendo abaixo do piso nacional;
4. Defendo e apoio todo e qualquer projeto de valorização dos professores por um salário digno e melhores condições de trabalho; e,
5. À medida que as negociações entre Sindicato e o Governo do Estado avançarem, o Projeto de Reajuste será enviado a esta Casa Legislativa para sua aprovação em benefício da educação.
Beto Accioly (SD) – Deputado Estadual
————————————————————–
Comentários do Blog
Nos espanta quando o deputado Beto Accioly diz que não votou contra os professores:
1. O Projeto de Lei 079/2015 propôs um aumento apenas para 4.060 professores, enquanto que mais de 45.000 professores foram prejudicados e passarão o ano de 2015 sem aumento;
2. O governo infringe a Lei Nacional do Piso (Lei 11.738/2008) e o Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024), visto que o piso deve ser o salário inicial de carreira para professores com ensino médio, os que possuem ensino superior, deveriam ganhar acima deste valor, e não ganham;
3. O governo não valoriza a categoria com um plano de cargos e salários, quando através deste projeto votado, nivela os salários de professores de nível médio com os salários dos professores com nível superior;
4. Os professores foram contra o projeto de lei que o deputado votou a favor. Eles lotaram as galerias da assembleia no dia da votação e protestaram contra o projeto.
Resumindo:
– Não conseguimos compreender como o deputado diz que não votou contra os professores!
– Mais de 92% dos professores foram prejudicados com a aprovação deste projeto!
– Os professores pernambucanos continuam recebendo salários indignos!
– O governador Paulo Câmara mostra que não vai cumprir sua promessa de 100% de aumento!

Beto Accioly, deputado eleito por Camaragibe, vota contra professores e contra a educação

 

beto

Na última terça-feira, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) votou o Projeto de Lei 79/2015, que definia o piso salarial dos professores do estado. O projeto foi enviado pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) e teve total e irrestrito apoio dos deputados da base do governo.

O projeto aumentava em apenas 13,01% o salário dos professores que possuem ensino médio / magistério, e ridículos 0,89% para professores com nível superior, ou seja, os formados em licenciatura.

Este não era o aumento que os professores desejavam, e também não era o aumento prometido pelo então candidato Paulo Câmara, que era de 100%… “Vamos dobrar os salários dos professores da rede estadual”, disse Paulo Câmara, por diversas vezes, durante a campanha. Pura enganação…

Porém, havia uma chance deste aumento pífio não ser aprovado: bastava que os deputados estaduais votassem contra o projeto. Mas isto não aconteceu, por 27 votos a favor e 11 contra, o projeto foi aprovado. A base governista votou a favor, a oposição votou contra…

Eleito pelo partido Solidariedade, o ex-vereador de Camaragibe e agora Deputado Estadual Beto Accioly, é da base do governo, e votou a favor do projeto, ou seja, contra os professores.

Votar e apoiar um projeto absurdo deste, demonstra como Beto Accioly valoriza os professores e a educação do nosso estado. Demonstra também, que ele tenta enganar a própria população prometendo uma coisa e falando outra.

Em seu site na ALEPE, há um texto diz: “PROPOSTAS: Na educação, o foco principal será na defesa da valorização dos profissionais…” Já pudemos ver como Beto Accioly respeita a população que votou nele e os profissionais da educação. Se este voto que ele deu é “valorizar os profissionais de educação”, preferimos não comentar mais nada…

Camaragibenses, fiquem de olho no deputado estadual que foi eleito com o seu voto, e que faz questão de dizer que é “o primeiro deputado eleito por Camaragibe”… Faça valer o seu voto, fiscalize, cobre e proteste!

Desvalorizar os profissionais de educação é fechar os olhos para o bem mais precioso do povo: a inteligência!!!

UJS Camaragibe divulga “Moção de repúdio à Prefeitura de Camaragibe”

A União da Juventude Socialista (UJS) de Camaragibe, divulgou em todo o Brasil nesta sexta-feira, uma moção de repúdio à Prefeitura de Camaragibe, pelo descaso em relação ao projeto Parque Espaço do Saber.

Em trecho da carta, a UJS destaca que “…a Prefeitura de Camaragibe, na pessoa do PREFEITO JORGE ALEXANDRE está na contramão da discussão de desenvolvimento da cidade que discute a humanização das cidades a partir da efetiva utilização dos espaços públicos.”

Além disso, os jovens dizem “…repudiamos a aprovação da proposta de desafetação da área  realizada pela CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES.”

A “desafetaçao” citada ocorre quando, por exemplo, a administração determina que um imóvel destinado a instalação de uma escola deixa de ter essa função, passando a ser um bem disponível, ou seja, pode ser vendido para o mercado imobiliário.

Confira a íntegra da moção de repúdio divulgada pela UJS Camaragibe.

moçao

Familiares de alunos da rede municipal reclamam do Kit Escolar distribuído pela Prefeitura de Camaragibe

O Blog Camaragibe dá Vez recebeu duas críticas de leitores referente ao Kit Escolar distribuído pela Prefeitura de Camaragibe em 2015. Depois de 2 anos sem distribuir o kit, a prefeitura distribuiu um kit que não está no nível do que se recebia antes, pelo menos no mesmo nível deveria estar.

Segundo Thaís Silva, o kit não dura o ano inteiro: “Apos dois anos sem receber material a escola de Tabatinga doa as crianças esse. ” GRANDES” matériais escolar para o ano inteiro!!!!!!! Obrigado Jorge Alexandre VC está sendo um otimooooooo prefeito.”

Segundo Júnior Silva, trocaram a bolsa por uma pasta plástica: “Kit escolar dos colégios municipais de camaragibe uma vergonha 2 anos sem receber o material e quando recebem é isto, Bolsa subistituida por pasta kkkk. Isto é camaragibe.”

kit04

kit01

ki03

ki02

 

De acordo com o EDITAL PREGÃO Nº 010/2014 disponibilizado no próprio site da prefeitura, o valor estimado gasto para a compra dos kits era de R$ 2.028.440,40. Não está contabilizado neste valor, a garrafinha de água, nem a mochila, nem o fardamento, nem os sapatos! Cada item deste tem um valor separado, ou seja, o valor mencionado acima foi apenas para o kit com os materiais das imagens.

É bom destacar, que todo aluno de escola pública tem direito a receber o material didático que será utilizado em sala de aula ao longo do ano. A LDB, Lei de Diretrizes e Bases, que dita as normas da Educação Brasileira, em seu artigo 4º, item VIII, aponta que: “O dever do Estado com educação escolar pública será efetivado mediante a garantia de: atendimento ao educando, em todas as etapas da educação básica, por meio de programas suplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação e assistência à saúde”.

É desta forma que nossa gestão prioriza a educação e nossas crianças e adolescentes? É difícil de entender…