Meira abre frente de 8 pontos em Camaragibe

meira-1 jorge1 Se as eleições fossem hoje, o candidato do PTB a prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, seria eleito com uma frente de quase nove pontos, derrotando o prefeito Jorge Alexandre (PSDB). Segundo pesquisa do Instituto Opinião, em parceria com o blog do Magno, Meira lidera com 35,3% das intenções de voto, enquanto Alexandre aparece com 27,8%. O candidato do PCdoB, Vinícius Lemos, aparece com apenas 7,8%, enquanto Luiz de França, do PTdoB, tem 1% e Adriano Simplício, do Psol, 0,3%. Brancos e nulos representam 14,3% e indecisos somam 13,8%. Em termos numéricos, como devem votar 90 mil eleitores, Meira teria hoje uma vantagem de mais de oito mil votos, faltando apenas oito dias para as eleições municipais.

Como o candidato do PCdoB está fora da disputa, devido à renúncia do seu vice Alamar Dias, que passou a apoiar Meira, a frente do trabalhista pode ser, na prática, muito maior, porque são eleitores que dificilmente migrariam para Jorge. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado tem que lembrar o nome do candidato de preferência sem ter acesso aos nomes no disco da pesquisa, Meira aparece com 24,3% e Alexandre tem 21,8%.

Lemos, que não é mais candidato, aparece com 4% e Adriano Simplício foi lembrado por 0,3%. Luiz de França não foi citado pelos entrevistados. Brancos e nulos somam 12,5% e os indecisos representam 36,5%. No cenário de rejeição, o prefeito Jorge Alexandre aparece no topo. Dos entrevistados, 29,5% disseram que não votam nele de jeito nenhum. Aparece em seguida o candidato comunista, com 18,8%. Demóstenes Meira tem apenas 11,3% e Luiz de França 5,3%. Simplício aparece, por fim, com 4,5%. Entre os entrevistados, 9% afirmaram rejeitar todos e 21,6% disseram que não rejeitam nenhum dos candidatos.

O Instituto Opinião aplicou 400 questionários entre os dias 17, 18 e 19 de setembro nas localidades de Alberto Maia, Aldeia, Aldeia de Baixo, Alto da Boa Vista, Alto Santo Antônio, Areeiro, Bairro dos Estados, Bairro Novo, Borralho, Carmelita, Celeiro, Céu Azul, Estação Nova, Jardim Primavera; João Paulo II, Nazaré, Novo do Carmelo, Oitenta, Santa Mônica, Santa Tereza, Santana, São Jorge, Tabatinga, Timbi, Vale das Pedreiras, Vera Cruz, Viana, Vila da Fábrica e Vila Inabi. A pesquisa está registrada no TRE sob o protocolo PE-00736/2016.

O intervalo de confiança estimado é de 95 % e a margem de erro máxima estimada de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares.

Quando o levantamento é estratificado, Demóstenes Meira tem melhor desempenho entre os eleitores na faixa etária entre 25 a 34 anos (45,5%), entre os eleitores com escolaridade do 6º ao 9º ano (40,8%) e entre os eleitores com renda familiar de um a dois salários mínimos (38,8%). Por sexo, 36,2% dos seus eleitores são homens e 34,4% são mulheres.

Jorge Alexandre, por sua vez, lidera entre os eleitores jovens, na faixa 16 a 24 anos (38,1%), entre os eleitores com grau de instrução com ensino médio (30,3%) e entre os eleitores com renda familiar de até um salário (30,2%). Por sexo, 31,1% dos eleitores são mulheres e 23,4% são homens.

Gestão reprovada

O instituto Opinião também pesquisou a avaliação das gestões do prefeito, do governador e do presidente da República. O atual prefeito e candidato à reeleição, Jorge Alexandre, tem a expressiva reprovação de 57,3% dos entrevistados, enquanto 34% aprovam sua administração e 8,7% não responderam ou não souberam opinar. O governador Paulo Câmara tem a aprovação de 47,3% e a desaprovação de 32,3%. O presidente Michel Temer é reprovado por 59,8% e conta com a aprovação de 16,8%.

http://www.blogdomagno.com.br/

Vice de filho de Lemos renuncia e apoia Meira

vicem

Alamar Dias, candidato a vice-prefeito de Camaragibe na chapa do PCdoB, encabeçada por Vinicius Lemos, rompeu com o aliado, pediu a retirada da sua candidatura e passou a apoiar o candidato do PTB, Demóstenes Meira (PTB). Ex-secretário de Articulação política na gestão do ex-prefeito João Lemos, Alamar levou para Meira todo o seu grupo político, inclusive ex-secretários da sua época, esvaziando completamente o bloco comunista. Sua adesão a Meira, que tem como vice a ex-deputada Nadege Queiroz, fortaleceu ainda mais a oposição ao prefeito Jorge Alexandre, que tenta a reeleição.

http://www.blogdomagno.com.br/ver_post.php?id=166124

Denúncia de uso da máquina em Camaragibe pelo Prefeito e candidato à reeleição Jorge Alexandre

magno

Do Blog do Magno

“Funcionários da Prefeitura de Camaragibe, cidade da Região Metropolitana do Recife, foram flagrados, segundo denúncia enviada ao blog pela coligação “Governando com a Força do Povo”, em pleno uso da máquina pública, para campanha à reeleição do atual prefeito do munícipio, Jorge Alexandre (PSDB). O caminhão de Placa KJD-4708, que está a serviço da Secretaria de Obras da cidade, foi fotografado descarregando bambus, na rua Belchior Athaíde dos Santos, centro da cidade. A rua fica por trás do comitê central do candidato. Após o flagrante, os funcionários não quiseram falar e saíram as pressas do local, deixando os bambus na calçada.”

http://www.blogdomagno.com.br/ver_post.php?id=165838&pagina=10126

João Lemos desiste de candidatura em Camaragibe

joaolemos

Como informado na semana passada neste Blog, João Lemos teve registro de candidatura impugnada devido a problemas de improbidade administrativa.

O ex-prefeito de Camaragibe, João Lemos (PCdoB), saiu da disputa pelo comando do município. Após a Justiça eleitoral indeferir o seu registro em primeira instância, por problemas de improbidade administrativa, o comunista não recorreu em segunda instância, na segunda-feira (12), e anunciou a sua desistência. Com a saída, ao que tudo indica, João Lemos deverá ungir o filho, Vinicius Lemos (PCdoB), para o pleito. A decisão deverá ser anunciada, nesta terça-feira (13), em coletiva de imprensa. Segundo o advogado de defesa do comunista, Thales Cabral, o indeferimento do registro de candidatura corresponde a um processo ainda quando ele era prefeito da cidade em 2006.

Lemos é acusado de não ter repassado uma quantia de R$ 25 mil ao pagamento de professores e alunos matriculados no programa Ensino de Jovens e Adultos (EJA). A ação teria sido movida pelo atual prefeito e candidato à reeleição, Jorge Alexandre (PSDB). Segundo a defesa de Lemos, o processo correu à revelia, sem o ex-gestor ter tem­po para se defender. “Va­mos recorrer”, disse Cabral.

Registro

O TRE encerrou, na segunda, o prazo para o julgamento dos pedidos de registros de candidaturas de prefeito, vice-prefeito e vereador, além das im­pugnações e recursos.

http://www.folhape.com.br/politica/2016/9/joao-lemos-desiste-de-candidatura-em-camaragibe-0150.html

Homenagem ao “Urso Mimoso” leva para Santa Mônica uma noite de muita dança e música

fusca-cultural-set-9

No segundo evento do Projeto “Fusca Cultural”, a população do bairro – localizado em Camaragibe – pode testemunhar uma festa muito dançante, que mobilizou pessoas de outros bairros e até do Recife.

A dança tem o poder de captar e transmitir traços particulares de diferentes culturas através dos tempos. Foi o que pode se ver no segundo evento do Projeto “Fusca Cultural”, realizado no bairro de Santa Mônica, em Camaragibe – e que homenageou a agremiação “Urso Mimoso” – no último sábado (10 de setembro).

fusca-cultural-set-10 fusca-cultural-set-8

 

Com certeza você já ouviu a máxima que “quem dança seus males espanta”. Pois bem, os moradores e visitantes da comunidade puderam acompanhar uma noite bastante dançante. Além da emoção passada durante a homenagem ao “Urso Mimoso” – as pessoas puderam testemunhar e se envolver em uma “corrente de energia” sem igual.

Novamente – assim como no primeiro evento – várias famílias participaram do momento e as crianças deram o tom animador da festa. Logo de início, um Grupo de Coco foi o responsável por fazer as pessoas dançarem. A frente do palco foi tomada pelos celebrantes e como se fora um balé – totalmente improvisado – a apresentação ficou ainda mais encantadora.

fusca-cultural-set-26

Logo após, a manifestação carnavalesca “Boi Camará” começou sua apresentação e deu início a cerimônia de homenagem. Em seguida, foi exibido em um telão – um vídeo contando um pouco da história dos ursos e depois os organizadores do evento – Paulo Oliveira e Messias Lima – entregaram uma placa de reconhecimento à importância da agremiação “Urso Mimoso” para a cultural de Camaragibe, ao seu presidente – o Senhor Marcos Antônio.

fusca-cultural-set-32

Passado este momento de preito – foi a vez do “Urso Mimoso” fazer seu desfile e chamar o público para dançar. Além dessas apresentações, a comunidade pode assistir outras e dançar ao som da ciranda e do “Grupo Afrogibe”, que encerrou a festa.

fusca-cultural-set-35

Grupos de amigos de outros bairros e até mesmo do Recife estiveram presentes para participarem da festa. Vários elogios foram feitos e muita gente já confirmou presença nossos próximos eventos.

“Eu considerei de extremo bom gosto. A valorização da cultura local é um ato de amor e patriotismo que deve ser alimentado na intenção de permitir que as próximas gerações, tão tecnológicas, possam conhecer e assim, também garantir sua existência para as próximas gerações”, destacou a professora e moradora do bairro, Lidiane Lima.

fusca-cultural-set-40

A dança é mesmo uma forma de terapia. E qualquer pessoa pode dançar, não existem restrições, nem mesmo de idade. Os passos podem – e devem – ser adaptações às limitações físicas de cada um, mas não existe impedimento. O Projeto “Fusca Cultural” provou isso – além de resgatar a história cultural da cidade, pode também levar ao bairro de Santa Mônica uma noite de trocas positivas de energia, através da música e da dança.

fusca-cultural-set-43

Sobre o “Fusca Cultural”

O Projeto conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura. Os eventos serão realizados gratuitamente nas comunidades em que os grupos de cultura popular estão inseridos, oferecendo acessibilidade a todos, pois serão realizados ao ar livre, em ruas de fácil acesso das localidades, proporcionando, assim, também, a formação de novas plateias, que ainda não conhecem o trabalho das referidas agremiações.

Ao todo serão realizados oito eventos com frequência mensal. Em cada mês, um grupo de cultura popular será homenageado em sua própria comunidade. Para homenagear esta manifestação, outro grupo de cultura popular tradicional de outro bairro do município será convidado a se apresentar e entregar uma placa em reconhecimento à importância cultural da agremiação homenageada para a cidade.

O primeiro evento do Projeto “Fusca Cultural”, aconteceu no dia 20 de agosto, na Praça do Açude Timbi, em Timbi. Os moradores da região e visitantes puderam acompanhar a belíssima homenagem feita a Agremiação Carnavalesca – “Boi Rubro-Negro” – também conhecida como “Boi de Dora”.  Além da agremiação homenageada, houve apresentações do “Urso Mimoso”, do “Bloco Lírico Amantes das Flores”, ciranda e da “Banda Mania Show Pé de Serra”, composta exclusivamente por deficientes visuais, que encerrou a festa.

fusca-cultural-set-3

Acontece neste sábado (10) mais um evento do Projeto “Fusca Cultural”, com incentivo do Funcultura, em Camaragibe

 

09

Nesta segunda cerimônia de resgate da cultura do município, que acontecerá no bairro de Santa Mônica – a grande homenageada da noite será a agremiação “Urso Mimoso”.

Passado o sucesso do primeiro evento do “Fusca Cultural” – a cidade de Camaragibe receberá no próximo sábado – 10 de setembro, no bairro de Santa Mônica – a segunda cerimônia do Projeto, que tem como objetivo realizar eventos visando homenagear grupos populares do município, promovendo, assim, um intercâmbio cultural, o resgate e a preservação da memória destas manifestações e das comunidades nas quais estão inseridas.

Desta vez a grande homenageada da noite será a agremiação carnavalesca “Urso Mimoso”. O evento terá início a partir das 20h e acontecerá na Rua Itapissuma, que fica localizada em Santa Mônica.

Entre as atrações que participaram, está o “Boi Camará”, que será responsável por realizar a apresentação de homenagem o “Urso Mimoso”. Além dessa agremiação, o evento contará com os shows de um Grupo de Coco e Ciranda e do Grupo Afrogibe.

O Projeto Fusca Cultural, de maneira a democratizar e universalizar o acesso aos eventos, proporcionará local apropriado e preparado para atender portadores de necessidades especiais. Será realizada uma parceria com a Associação dos Portadores de Deficiência de Camaragibe (APDC) e o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), de maneira a facilitar a participação destes no projeto.

Sobre o “Fusca Cultural”:

O Projeto conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura. Os eventos serão realizados gratuitamente nas comunidades em que os grupos de cultura popular estão inseridos, oferecendo acessibilidade a todos, pois serão realizados ao ar livre, em ruas de fácil acesso das localidades, proporcionando, assim, também, a formação de novas plateias, que ainda não conhecem o trabalho das referidas agremiações.

Ao todo serão realizados oito eventos com frequência mensal. Em cada mês, um grupo de cultura popular será homenageado em sua própria comunidade. Para homenagear esta manifestação, outro grupo de cultura popular tradicional de outro airro do município será convidado a se apresentar e entregar uma placa em reconhecimento à importância cultural da agremiação homenageada para a cidade.

O primeiro evento do Projeto “Fusca Cultural”, aconteceu no último sábado, 20 de agosto, na Praça do Açude Timbi, em Timbi. Os moradores da região e visitantes puderam acompanhar a belíssima homenagem feita a Agremiação Carnavalesca – “Boi Rubro-Negro” – também conhecida como “Boi de Dora”.

Além da agremiação homenageada, houveram apresentações do “Urso Mimoso”, do “Bloco Lírico Amantes das Flores”, ciranda e da “Banda Mania Show Pé de Serra”, composta exclusivamente por deficientes visuais, que encerrou a festa.

Serviço

Data: 10/09/2016

Hora: A partir das 20h

Local: Santa Mônica (Rua Itapissuma).

Agremiação Homenageada: Urso Mimoso

Agremiação que irá se apresentar e homenagear o “Urso Mimoso”: “Boi Camará”

Outras atrações: Grupo de Coco e Ciranda e Grupo Afrogibe

cartaz-face-urso-mimoso

Prefeito-candidato em Camaragibe, Jorge Alexandre já doou a si mesmo mais de R$ 160 mil

jorge2

Os candidatos a prefeitura de Camaragibe travam uma luta inglória: a dos candidatos que vão gastar milhares de reais contra os que registraram receitas até agora irrisórias para uma campanha eleitoral, como por exemplo R$ 1 mil.

Até agora, o postulante que registrou uma receita maior disponível foi o atual prefeito Jorge Alexandre (PSDB), candidato à reeleição. Ele declarou ter doado para si mesmo R$ 164,6 mil para gastar na campanha e já empregou 6% desse total, segundo informações da Justiça Eleitoral. O valor dos bens declarados por ele somou R$ 1,3 milhão.

Pela atual legislação, os candidatos a prefeito de Camaragibe podem gastar até R$ 449,3 mil numa campanha para prefeito. “Vou conseguir ajuda para atingir este teto”, diz Jorge Alexandre. Ao ser questionado se essa “ajuda” não pode fazer os doadores quererem algo em troca depois da eleição, ele respondeu que os amigos vão doar valores como R$ 3 mil, R$ 5 mil e isso não é uma quantia significativa para querer algo em troca.

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/politica/pernambuco/noticia/2016/09/07/prefeito-candidato-em-camaragibe-ja-doou-a-si-mesmo-mais-de-r-160-mil-251998.php

João Lemos tem candidatura impugnada em Camaragibe

jl

O ex-prefeito de Camaragibe, João Lemos (PCdoB), teve seu registro de candidatura impugnado pela juíza Roberta Vasconcelos Franco Rafael Nogueira, da 127ª Zona Eleitoral. No despacho, ela justifica que o candidato teve as contas rejeitadas para o exercício financeiro de 2009 pela Câmara municipal quando prefeito do município. “Verifica-se a insanabilidade das irregularidades apontadas, pois são graves e contrárias ao interesse público. As irregularidades configuram ato doloso de improbidade administrativa, configurando ofensa aos princípios da administração pública, já analisadas pelo Tribunal de Contas do Estado e ratificadas pelo legislativo municipal que se pronunciou pela rejeição das contas do impugnado”, constatou.

tse

 

João Lemos já tinha sido condenado a 10 anos de prisão a serem cumpridos inicialmente em regime fechado, por Improbidade administrativa e formação de quadrilha, pelo juiz da 4° Vara Federal de Pernambuco, Jorge André de Carvalho Mendonça, acolhendo denúncia do Ministério Público Federal. De acordo com a denúncia, Lemos contratou, irregularmente, a OSCIP CEGEPO (Centro de Geração de Emprego) para executar todos os programas vinculados ao SUS. Em outro processo também foi condenado a devolver aos cofres públicos, junto com um escritório de advocacia, R$ 18 milhões. Além da devolução dos R$ 18 milhões que terá de fazer com o escritório de advocacia, João Lemos deverá pagar multa de R$ 15 mil, a ser atualizada monetariamente.

PS: A informação sobre a impugnação da candidatura de João Lemos devido à Lei da Ficha Limpa pode ser confirmada no site do Tribunal Superior Eleitoral, através do site da própria instituição: http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais

http://www.blogdomagno.com.br/ver_post.php?id=165553

Camaragibe tem 6 candidatos a prefeito

eleicoes

Nas eleições 2016, Camaragibe tem 6 candidatos a prefeito. Além do atual prefeito que tenta a reeleição, outros cinco tentam tirá-lo da prefeitura.

Conheça e escolha o seu candidato a Prefeito de Camaragibe.

adriano-simplicio-d

Adriano Simplício – nº 50 – PSOL – Vice: Sandra Souza

 

joao-lemos-pc-do-b-pe-d

João Lemos – nº 65 – PC do B – Vice: Dudu de Zé Chaves

 

jorge-alexandre-psdb-d

Jorge Alexandre – nº 45 – PSDB – Vice: Bosco

 

luiz-de-franca-pt-do-b-d

Luiz de França – nº 70 – PT do B – Vice: Fred Rabello

 

meira-ptb-pe-d

Meira – nº 14 – PTB – Vice: Dra. Nadegi

 

roberto-lira-d

Roberto Lira – nº 29 – PCO – Vice: Leque de Freitas